fbpx
Procon Lista Negra De Lojas

Evite Comprar Nos Sites Lista Negra Do PROCON-SP

Evite fazer Compras nos sites da Lista Negra Do PROCON-SP 2020-2021 que disponibiliza uma canal para você acompanhar estes sites de lojas ou fábricas que muda conforma as reclamações dos clientes.

O black friday começa nesta sexta-feira (27). Considerado o principal evento do calendário varejista, há uma expectativa para o dobro de vendas em plataformas digitais em 2020. Se, por um lado, as vendas aumentam, por outro também há um aumento de golpes e fraudes.

Pensando nesse aumento da atividade de golpistas, o Procon SP liberou uma lista com mais de 170 que o usuário não deve comprar. O maior foco este ano é a internet, visto que devido a pandemia de Covid-19 muitas pessoas devem optar pelas compras online. Diante da necessidade de isolamento social, uma grande parte dos consumidores já está fazendo buscas por sites para escolher seus produtos, consultar preços e condições de compra e venda.

E muitos desses sites, lojas e empresas no geral apresenta práticas suspeitas ou histórico ruim com os consumidores. Assim sendo, a lista de 170 empresas pode ser consultada aqui, neste link: www.sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite, e será atualizada em tempo real. Isso porque o portal de fiscalização está sendo atualizado e caso haja a identificação de novos links suspeitas o órgão vem adicionando.

No link, é possível procurar pela empresa na qual o consumidor queira fazer uma compra e verificar se ele faz parte dessa lista.

Sistema de procura

Na página do Procon SP será  possível ter acesso ao nome da loja,  além do seu endereço digital e até mesmo ao número de seu CNPJ. Assim, por exemplo, será possível verificar se uma empresa mudou seu nome, utiliza nome de registro e nome fantasia distintos ou se mudou o site, por exemplo.

A publicidade, hoje espalhada, por exemplo, nas redes sociais e aplicativos de mensagem, pode levar o consumidor a fazer algumas confusões. Assim, em tempos como a black friday, há um aumento de reclamações por compras mal sucedidas, muitas vezes feitas em links suspeitos e em sites cujo endereço não corresponde aos das empresas que propagandeiam.

De toda forma, a consulta ao Procon ou a sites como o Reclame Aqui é uma das maneiras de verificar a idoneidade e os procedimentos das empresas antes de se fechar uma venda.

Mais algumas dicas para não cair em fraudes na Black Friday

O Procon SP orienta que, além de conferir a credibilidade do site, o cidadão não deve esquecer de fazer pesquisa de preço, além de comparar os valores em diferentes marcas. É fundamental ainda fiscalizar o cadastro de dados de cartão de crédito, evitando fornecer dados pessoais a sites antes de verifica-lo.

É necessário tomar muito cuidado com links de promoções pelo Whatsapp e redes sociais, além de monitorar as ofertas de marcas físicas. 

Esses procedimentos ajudam a evitar problemas como clonagem de cartão, compras falsas, e os variados tipos de golpe e fraudes. E outro ponto, é bom fazer pesquisa antes do produto que queira comprar para saber um “Histórico de Preços” para comprar no dia da Black Friday com a consciência de que pagou o melhor preço.

Folha Sudoeste


Leia Este

Grife De Luxo Christian Dior

Coleções De Luxo Da Grife Christinan Dior

O criador da Christian Dior S.A, chamado Christian Dior (Nascido em 1905 e falecido em …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *