Home / Geral / Tragédia em SP: Número de mortes sobe para 48

Tragédia em SP: Número de mortes sobe para 48

48 mortes já ocorreram em São Sebastião – a cidade mais atingida – e uma vítima é da cidade de Ubatuba.

Chuvas em São Paulo

As chuvas que ocorreram durante o último final de semana devastaram o Litoral Norte de São Paulo. A chuva, segundo dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), foi a maior registrada até o momento. Por onde passou deixou lastros de destruição de casas, famílias desalojadas e causou morte de dezenas de pessoas.

Segundo a Ddo Estado, o número de mortos subiu para 48 e mais de 1,7 pessoas estão desalojadas. 47 mortes ocorreram em São Sebastião – a cidade mais atingida – e uma vítima é da cidade de Ubatuba.

De acordo com balanço atualizado pelo governo paulista na manhã desta quarta-feira (22/2), 26 corpos já foram identificados e liberados para o sepultamento: entre eles, 10 homens, nove mulheres e sete crianças. Os trabalhos de busca estão focados em bairros da costa sul de São Sebastião, como a Vila do Sahy, que concentra a maior parte das vítimas, e Juquehy. Ao todo, há mais de 1.730 desalojados e 766 desabrigados.

Além do litoral, em Mauá, na região metropolitana, um deslizamento de terra atingiu uma residência e deixou uma pessoa morta, segundo a Defesa Civil.       

Atendimento e doações às vítimas

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, 28 adultos e seis crianças vítimas das chuvas foram atendidas, até o momento, no Hospital Regional do Litoral Norte (HRLN). Entre eles, 10 pacientes apresentam estado grave e 18 têm quadro clínico considerado estável.

Dois pacientes já receberam alta hospitalar; outras duas, uma grávida e uma puérpera, foram transferidas para o Hospital Stella Maris. Na terça-feira (21/2), duas crianças, ambas de 8 anos, foram transferidas ao Hospital Regional de São José dos Campos.

Até a noite desta última terça-feira (21/2), o Fundo Social de São Paulo e a Coordenadoria Estadual da Defesa Civil encaminharam 37,5 toneladas de doações para as vítimas da chuva no litoral norte. Ao todo, nove veículos foram abastecidos de doações, na segunda e na terça-feira, para as cidades de Guarujá, Bertioga, Ubatuba, Caraguatatuba e São Sebastião.

As doações podem ser entregues no depósito do Fussp, localizado na avenida Marechal Mário Guedes, 301, no Jaguaré, zona oeste da capital paulista, entre 8h e 17h.

Para quem quiser e puder fazer doações em dinheiro, as contas são as seguintes:
Banco do Brasil – Agência nº 1897-X. C/C nº 19.490-5 e C/C 19.771-8
CNPJ/MF nº 44.111.698-0001/98 ( O CNPJ também é a chave PIX). Também é possível entregar donativos em estações do metrô, CPTM e terminais da EMTU. São 193 pontos de arrecadação em estações e terminais do sistema do transporte metropolitano.

Serviço de fornecimento de água

A Sabesp informou que recuperou os sistemas de água de todos os bairros em São Sebastião. De acordo com as equipes técnicas, os serviços foram restabelecidos inclusive em Boiçucanga, um dos bairros mais atingidos. Nessa região, o abastecimento retorna gradualmente à população.

A empresa informou ainda que continua com o atendimento aos moradores. A assistência prestada pela companhia inclui a distribuição de água potável e a disponibilização de caminhões-tanques, mesmo em bairros não atendidos pela Companhia, como Camburi, Camburizinho, Baleia e Sahy.

Tráfego nas estradas obstruídas

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) liberou parcialmente o tráfego em diversos pontos que antes estavam totalmente obstruídos na Rodovia Rio-Santos (SP-055), no trecho entre São Sebastião e Ubatuba. A subida da serra pode ser feita pelo Sistema Anchieta-Imigrantes ou pela Rodovia dos Tamoios, a depender do ponto onde o motorista se encontra na Rio-Santos (SP-055).

Para o motorista que estiver do outro lado da interrupção total da SP-055, no km 174, a rota alternativa é somente a Rodovia dos Tamoios. Neste momento, as seguintes rodovias administradas pelo DER estão com pontos de interdição total:

Total

RIO-SANTOS (SP-055) – Km 174,5 – queda de barreira (Praia Preta). Mogi-Bertioga (SP-098) – A Rodovia Mogi-Bertioga segue totalmente interditada, em razão do rompimento de tubulação, na altura do km 82, em Biritiba Mirim. Também há interdição parcial nos km 90 e 91, devido à queda de barreira; e no Km 87, devido à erosão. Na terça-feira (21/2), uma equipe do DER iniciou os serviços de recuperação no local.

Deixe Uma Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Pesquise No Site Aqui

Categorias Folha Sudoeste

x

Check Also

Estabilizador de Celular Eficiente

Estabilizador Para Celular Bem Eficiente e Barato

Se você é apaixonado por fotografia e fazer vídeos para tiktok, sua rede social ou ...