fbpx
Caixa Vagas De Emprego

Caixa Cria Nova Linha De Financiamento Habitacional

Caixa Financiamento HabitacionalA Caixa Econômica Federal (CEF) criou uma nova modalidade de financiamento imobiliário que é corrigido pela caderneta de poupança. De acordo com o que foi divulgado, a principal vantagem da nova modalidade é que os juros podem ser menores em relação aos empréstimos tradicionais.

De acordo com a CEF, essa nova linha de financiamento imobiliário terá, segundo valores atuais, taxas de juros entre 3,35% ao ano para quem é cliente e 3,99%, mais a variação da poupança. A taxa, considerando outras opções de mercado, é bastante competitiva, embora seja necessário ter atenção ainda com alguns riscos.

Com mais essa opção, a CEF passará a oferecer quatro modalidades de financiamento. As três que já existem são:

  • a linha tradicional (corrigida pela TR), com taxas que variam entre 6,25% e 8% ao ano;
  • a modalidade atrelada à inflação medida pelo IPCA, com percentual entre 2,95% e 4,95% ao ano;
  • e empréstimo com juros fixos entre 8% e 9,75% ao ano.

Agora, haverá mais uma dentre essas modalidades, como dito acima, atrelada à variação da caderneta de poupança. É preciso entender como se dá essa variação, de forma a se entender também melhor essa nova modalidade de financiamento.

Para

Rendimento da caderneta de poupança

A caderneta de poupança tem rendimento variável de acordo com a taxa de juros do Banco Central (Selic). De acordo com a regra, com a Selic até 8,5% ao ano, o rendimento da poupança é de 70% da taxa básica de juros. Como a Selic agora em 2% ao ano, o rendimento da poupança é de 1,4% ao ano.

Assim sendo, a taxa total para o financiamento poderia variar entre 4,75% e 5,39%, o que é bem competitivo em comparação com outras modalidades de financiamento imobiliário, sendo a mais barata do momento.

A expectativa do mercado financeiro é que a taxa Selic suba e termine em 4% ao ano em 2021. Assim sendo, o rendimento da poupança dobraria, passando para 2,8% ao ano. Com efeito, o custo do financiamento variaria para entre 6,15% ao ano a 6,79% ao ano. Essa variação é que justamente pode apresentar um risco.

Riscos

Alguns especialistas, porém, apontam para possíveis riscos nessa nova modalidade. O principal está justamente nessa variação de acordo com a Selic. Em um financiamento de longo prazo como o imobiliário, é possível que a taxa que parece ser atrativa e vantajosa hoje possa não ser no próximo ano ou num futuro mais distante. Sobretudo, como explicamos acima, se tratando de uma variável que depende de decisões do Banco Central, muitas vezes seguindo as voláteis tendências do mercado financeiro.

Um trabalhador que não tenha reajustes salariais atrelados a oscilações desse tipo, ao menos no mesmo patamar que as taxas de juros que possam afetar o rendimento da poupança, por exemplo, poderia ser prejudicado.

Para entender mais entre acesse o link: https://www.gov.br/pt-br/noticias/assistencia-social/2021/02/caixa-lanca-nova-linha-de-financiamento-habitacional

Enfim, trata-se de mais uma opção de financiamento imobiliário a ser analisada com atenção sempre que for recorrer a um, para financiar algum imóvel.

Folha Sudoeste


Leia Este

Cohab-SP Casa Própria

Como fazer inscrição nos Programas Habitacionais SP pela COHAB

Como fazer inscrição nos Programas Habitacionais SP pela COHAB No ano de 2009, nasceu o …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *