fbpx
Como declarar o aluguel no Imposto de Renda?

Como declarar o aluguel no Imposto de Renda?

De acordo com as regras do Imposto de Renda, todo aluguel precisa estar registrado e ser declarado para o Governo Federal. Isso inclui as despesas que se tenha como o IPTU e condomínio, caso elas forem pagas pelo dono do imóvel, podem ser abatidas do valor que é recebido do aluguel na hora e que servirá para o cálculo no momento da declaração do Imposto de Renda.

É importante ao longo do ano realizar o preenchimento do Carnê-Leão em 2021, pagando todos os impostos que lhe forem devidos,  informando os dados rendimentos de aluguel da forma certa para economizar tempo enquanto for realizar o preenchimento do programa do IR.

Vamos dizer que você recebeu um aluguel de R$ 3.000 mensal, mas usou R$ 1.000 para pagar IPTU e o condomínio imóvel, para então pagar o imposto em cima, o que no final vai representar este resultado líquido.

Como obter isenção?

Caso o valor do aluguel líquido for superior ao limite da isenção estabelecida no Imposto de Renda, que é de R$ 1.903,98, onde o proprietário do imóvel deve fazer o recolhimento do imposto todos os meses através do programa Carnê-Leão, que é justamente o programa da Receita Federal e que para todos os proprietários que recebem um aluguel será preciso prestar as informações, mesmo que esteja isento.

Para os aluguéis recebidos em 2021, para quem não realizou o preenchimento do Carnê Leão e pagou os darfs, estes no momento da declaração, saiba que a partir do momento em que for realizar o preenchimento do IRPF, a Receita Federal irá separar o pagamento de DARFs para você.

Preenchimento do Carnê-Leão 2021

Para quem recebe renda de aluguel, o primeiro passo é fazer a declaração do Imposto de Renda e também ter feito o preenchimento do Carnê-Leão ao longo de 2021, este último que inclusive pode ser feito no portal da Receita Federal.

O primeiro passo para acessar o portal é criar um código de acesso ou mesmo entrar com um nível de verificação pelo Gov.br, nível ouro e prata no sistema do e-CAC. Além disso, o acesso também pode ser feito através de um dos bancos credenciados pelo Internet Banking.

Uma vez que tenha entrado no sistema da Receita Federal, o e-CAC, vá até o menu na opção Imposto de Renda que está no canto esquerdo da tela. Em seguida, localize o “Acessar Carnê-Leão”, para ter acesso à planilha de preenchimento mensal.

Ao realizar o preenchimento da planilha mês a mês, será mais fácil de se identificar e realizar a importação dos dados para o programa do IRPF. É muito importante ficar atento sobre os detalhes que serão informados para a Receita Federal, que vem ficando cada vez mais de olho no cruzamento das informações prestadas pelos contribuintes.

Folha Sudoeste


Leia Este

Quem precisa fazer a declaração anual do MEI?

Quem precisa fazer a declaração anual do MEI?

O empreendedor brasileiro precisa estar atento a todas as mudanças que acontecem no mercado de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *