fbpx
COVID-19: Florianópolis deve intensificar triagem de turistas

COVID-19: Florianópolis deve intensificar triagem de turistas

Quem está pensando em viajar para Florianópolis nas festas de final do ano, deverá ter toda a atenção para seguir os protocolos. O comunicado oficial foi feito pelo novo Prefeito da capital catarinense, Gean Loureiro. Também foi anunciado um toque de recolher em Santa Catarina, na tentativa de conter a pandemia de Coronavírus. Você pode ter todas as informações atualizadas em https://covid.saude.gov.br/.

15 das 16 regiões do estado em alerta

O comunicado foi feito pela Prefeitura de Florianopólis, que pretende aumentar a fiscalização e medidas sanitárias para conter os números de contágios da COVID-19. Sendo assim, até os turistas com domícilio em Santa Catarina irão passar por triagem. Isso dará uma garantia que todos os suspeitos de novos casos sejam identificados e orientados.

O decreto estadual começou na última sexta-feira (3), com validade de 15 dias segundo a Secretaria Estadual. Se as medidas forem acertivas, existe a possibilidade de uma flexibilização.

O uso de máscara foi ressaltado nas últimas semanas em todas as regiões do estado. Isso inclui todas as áreas públicas, praias e shoppings. Porém mesmo com as orientações, muitos catarinenses não estão tendo os cuidados necessários.

O que diz o Prefeito de Florianópolis

O Prefeito de Floripa, Gean Loureiro foi preciso e deu informações a todos os que vieram a capital catarinense ainda neste final de 2020. “Vamos tomar medidas de orientações para quem vier para Florianópolis e estamos estudando medidas para ampliar não apenas as medidas sanitárias”, completou Gean.

Florianópolis passou de 30.000 casos e 247 mortes por pacientes de Coronavírus. A Prefeitura também lançou o Covidômetro, sistema que aponta que pelo menos 2 mil pessoas na cidade foram infectadas pela doença.

A situação está em ponto crítico, talvez um dos mais críticos desde o começo da pandemia. E no começo deste mês, ficou definido que o toque de recolher será obrigatório em várias regiões, como Joinville, Florianopólis e Região Metropolitana.

O toque de recolher inicialmente vale apenas para a madrugada e os ônibus irão operar com uma capacidade máxima de 70%. Fica obrigatório o uso de máscara em todos os ambientes, em exceção dentro dos espaços domiciliares.

Possibilidade de uma vacina

Segundo os anúncios do Ministério da Saúde, como o anunciado por Pazuelo, o porta-voz da pasta, existe a possibilidade que em Fevereiro tenhamos a vacina. Governadores de vários estados estão a fazer pressão para Bolsonaro, como Dória em São Paulo que em contato com o Instituto Butantan, espera vacinar os paulistas e brasileiros já em Janeiro de 2021.

Folha Sudoeste


Leia Este

1 Milhão De Oportunidades Emprego e Cursos

1 Milhão De Oportunidades Emprego e Qualificação

A iniciativa teve sua apresentação nessa Quarta feira, dia Vinte e Oito e já se …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *