fbpx
14º Salário pode cair até 31 de dezembro? Entenda o projeto

Auxílio Inclusão é Criado Pelo Governo e Regras Do BPC Mudam

INSS PrevidênciaO governo federal sancionou na última terça-feira (22) a Lei nº 14.176,que muda as regras de concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Para quem não conhece, o BPC é um benefício de um salário mínimo que o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) destina aos idosos com 65 anos ou mais, e também às pessoas com deficiência e incapacitadas para o trabalho, dentre outras situações.

A nova lei também cria o Auxílio Inclusão. Esse novo benefício já estava previsto no Estatuto da Pessoa com Deficiência, mas faltava a aprovação de lei para a sua implementação. Dessa forma, de acordo com a regra, o Auxílio Inclusão irá garantir o valor de meio salário mínimo (R$ 550,00) aos beneficiários com deficiência que ingressarem no mercado de trabalho. Essa medida passará a valer a partir de 1º de outubro de 2021.

De acordo com as regras estipuladas na lei, para ter direito ao Auxílio-Inclusão, a pessoa precisará comprovar que possui deficiência moderada ou grave, bem como de ter recebido o BPC em algum momento nos últimos 5 anos. Além disso, deve exercer atividade cuja remuneração não ultrapasse 2 salários mínimos (R$ 2.200,00, pelos valores atuais). Veja a notícia do Governo: www.gov.br/planalto/pt-br/noticias/2021/06/aprimoradas-as-regras-do-beneficio-de-prestacao-continuada-e-cria-o-auxilio-inclusao

A lei ainda determina que ao ser contemplada com o Auxílio Inclusão, a pessoa deixe de receber o BPC. Porém, caso perca o emprego ou renda adquirida, o BPC voltará automaticamente sem qualquer necessidade de avaliação pelo INSS.

Novas regras no BPC

A nova lei  altera algumas das regras para se ter acesso ao BPC. Dessa maneira, os idosos com 65 ou mais e as pessoas com deficiência de qualquer idade poderão solicitar o BPC caso a renda familiar por pessoa seja igual a um quarto do salário mínimo (R$ 275) ou até meio salário mínimo (R$ 550), em casos excepcionais.

Antes dessa mudança, a renda mínima necessária deveria ser inferior a R$ 275. Além disso, foram definidos alguns critérios para se ter acesso ao BPC, que irão ser avaliados pelo INSS de acordo com a legislação. São eles:

  • o grau da deficiência;
  • a dependência de terceiros para o desempenho de atividades básicas da vida diária; e
  • o comprometimento do orçamento do núcleo familiar com gastos médicos não ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Também, partir de agora, as pessoas poderão realizar a avaliação da deficiência pelo INSS por meio de videoconferência, evitando a necessidade de ir a uma agência do INSS.

BPC no Brasil

Atualmente, cerca de 4,65 milhões de pessoas recebem o BPC. Desse total, são 2,55 milhões de pessoas com deficiência e 2 milhões de idosos. Os números são referentes até abril de 2021. As novas regras do BPC entrarão em vigência a partir de 1º de janeiro de 2022.

Folha Sudoeste


Leia Este

Etec Cursos Gratuitos Governo SP

Inscrição Cursos Gratuitos Etec Em São Paulo 2022

Cursos Técnicos Gratuitos Etec em São Paulo Você por acaso já conhece os cursos da …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *