fbpx

Índice Da Inflação Baixo: Entenda Por Que é Importante Saber Sobre Isso

Apesar de os comentários de que a Inflação no Brasil é uma das mais baixas dos últimos anos e muito menor do que países vizinhos como a Argentina ( que está em uma quase hiperinflação), o que se vê nos mercados e nas contas que precisa-se fazer para a compra da cesta básica, é que os preços aumentaram e bem mais do que nos últimos anos.

Taxa de juros mais baixas, poder de compra do brasileiro também

O ingresso salarial do Brasileiro já não é de hoje, é bem baixo. Isso quer dizer que o Salário Minimo que hoje em R$ 1.045,00 (previsão de aumento para R$ 1.067 em 2021), não agrada muito e mesmo quem está na média salarial do país hoje (R$ 2.300,00 a R$ 2.400,00) não tem muitas condições para esbanjar em cestas básicas ou programar uma boa viagem com a família nas férias.

Até o início do ano, a taxa de juros que era estipulada pela SELIC estava em uma boa posição, onde rendimentos costumavam render acima dos 5%, ajudando com que a classe média fizesse alguma movimentação extra apenas com o dinheiro que estava em sua cardeneta de poupança. Porém mesmo com as taxas de juros mais baixas, é difícil de se investir em outras aplicações como a Bolsa de Valores, ainda mais quando temos em conta o aumento da inflação que leva os brasileiros ao pânico e uma alta do dólar que disparou para cima dos R$ 5.

Inflação do mês agosto foi a maior desde 2016

Esse é outro detalhe para deixar preocupado até mesmo os maiores apoiadores das políticas monetárias de Paulo Guedes. No último mês, o índice do IPCA fechou em 0,24%. A última grande alta considerável para o índice em apenas um mês, havia sido registrada no mês de agosto de 2016, naquela oportunidade em 0,44%.

Até o presente momento, os índices apontam que a inflação acumulada no ano deve ficar em 2,5%, que gera algum boa expectativa principalmente para o setor privado. Mas será que em 2021, os 2.5% vão subir ou baixar?

Para 2021 o próprio Governo já vê com muita responsabilidade a perspectiva de inflação, que pode saltar para a casa dos 3%. Sendo assim, se o próprio Governo Federal não quiser abrir mão de privilégios para ajudar a população com programas sociais como o Renda Brasil ou um aumento mais considerável do Salário Mínimo em 2021, o mais indicado é que pense em outra estratégia para renegociar as dívidas, ao contrário de mais emissão de dinheiro no mercado e maior inflação também.

Previsão do PIB em 2021

A previsão do Mercado Financeiro para o Produto Interno Bruto (PIB) até o final do ano foi reajustada. Após a própria confirmação do Governo Federal de que o país poderia perder até 10% do seu PIB, especialistas admitem que a queda pode ser menos expressiva, entre 5.11% a 5.31.

Já quanto as expectativas para o ano de 2021, a expectativa de crescimento em relação a esse ano é positiva, apesar da crise política e sanitária do país. Espera-se um crescimento aproximado de 3.50% do PIB em 2021.

Dólar irá cair ou voltar a aumentar?

O ano de 2020 começou com previsões positivas, com o dólar baixando para quase R$ 4,00 logo no mês de Janeiro. Porém com medidas que não deram certo na Economia, como o corte da Taxa de Juros, Pandemia do COVID-19 agravando isso e fuga do capital estrangeiro do país, o dólar chegou a bater os R$ 5.89 antes mesmo da metade do ano.

A previsão até o final deste ano, é que o dólar se mantenha entre R$ 5,25 a 5,30. Para o final do próximo ano, se espera que a moeda americana toque os R$ 5,00.

Folha Sudoeste


Leia Este

Aumento do combustível frustra os planos de quem deseja comprar carro

Aumento do combustível frustra os planos de quem deseja comprar carro

O sonho de todo o jovem brasileiro ao completar sua maioridade, é tirar sua licença …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *