fbpx
4 dos 10 bancos mais ricos do mundo são brasileiros

4 dos 10 bancos mais ricos do mundo são brasileiros

Um estudo recente da Consultoria Economática, apontou que entre os 10 bancos mais rentáveis do mundo, 4 deles são do Brasil. Além disso, em um ranking que avalia os 40 bancos mais poderosos do mundo, o Brasil só fica atrás do Reino Unido, Canadá e Estados Unidos em relação à quantidade por país.

Os bancos que entraram para a lista precisavam ter ao menos US$ 100 bilhões de ativos sob gestão. Os primeiros colocados são americanos, com destaque para a Capital One com retorno de 20,4%, Ally Financial com retorno de 19,03%, na sequência já aparecendo o primeiro brasileiro, o Santander Brasil que apresentou um retorno de 18,90%.

Completando a lista, o canadense RBC com 17,3%, empatado com o Itaú, o americano J.P Morgan com retorno de 16,9%, Banco do Brasil com retorno de 15,7%, Bradesco 15,2% e quem fecha é o Bank of Scotia com 15,1% de retorno total no último ano.

Alto desempenho dos bancos brasileiros não é resultado apenas em 2021

Estados Unidos, Brasil, Canadá e Reino Unido foram os países que apareceram no topo do ranking. Completando, aparecem Japão, Coréia do Sul, Espanha e Índia, porém todos eles tiveram um número de representantes menor do que os outros quatro países que integram o ranking, sendo que os 4 sequentes tiveram um integrante cada.

Apesar de estarem na lista dos mais ricos , Itaú, Bradesco e Banco do Brasil estão tendo resultados negativos nos últimos anos, algo que é o oposto do que vem acontecendo com a Capital One, JP Morgan e Santander Brasil, que apontam como as grandes referências para instituições financeiras no mundo.

Como foi a rentabilidade das instituições financeiras durante a pandemia?

Mesmo com a pandemia, a rentabilidade média dos quatro maiores bancos brasileiros foi positiva, fechando em 16,5%. Entre 2016 a 2019, os brasileiros tiveram uma grande evolução, que só foi interrompida em 2020 com a chegada da pandemia. Ainda assim, em 2021 a recuperação foi de 4,4 pontos percentuais.

O retorno dos bancos brasileiros supera até o desempenho médio dos 19 bancos mais poderosos dos Estados Unidos, que fecharam no levantamento com ganhos médios de 11,8%, ficando bem atrás do Brasil. O levantamento também comparou o ROE dos “bancões brasileiros” com instituições financeiras de menor porte, fechando 16,5% contra os 12,5% destas empresas com menos capital.

Deixando um pouco de lado o que acontece no mercado financeiro, 374 empresas foram listadas no ranking da Economática e tiveram ao todo um retorno de 14,9% no último ano. A alta foi de 4,7 pontos percentuais no comparativo com 2020, ficando bem acima da análise com quase 4.000 empresas dos Estados Unidos e que obtiveram lucros de 5,95% durante o período de pesquisa.

Não é preciso ser um grande estudioso e entendedor de economia para saber que Brasil é um ótimo país para quem tem investimento em bancos. Por conta da alta taxa de juros que voltou a ser tendência desde a segunda parte do ano passado, boa parte do mundo voltou a colocar dólares no país. Neste momento, o Brasil também ocupa a liderança mundial em relação à juros reais, com uma SELIC que está um pouco acima da inflação.

Folha Sudoeste


Leia Este

Tempo de Aprender Curso De Alfabetização

Tempo De Aprender Cursos Para Desenvolvimento Da Educação

Programa Tempo De Aprender Cursos Para Desenvolvimento Da Educação disponibilizado pelo MEC de forma gratuita …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *