fbpx
Auxílio Alimentar de Curitiba: Veja quem tem direito

Auxílio Alimentar de Curitiba: Veja quem tem direito

A cidade de Curitiba terá mais um auxílio durante a pandemia: Auxílio Alimentar da Prefeitura que irá ser pago um grupo específico dos moradores da capital paranaense. A liberação do Auxílio inclusive já começou nesta semana.

Porém mesmo com o início dos pagamentos e com os comentários da Prefeitura de Curitiba sobre como iriam ser feitos os pagamentos, os moradores ainda tem uma série de dúvidas sobre como o programa irá funcionar. Perguntas como “Quem vai receber” e Quando começa? são as mais comuns até o momento.

O que diz a própria página da Prefeitura de Curitiba?

De acordo com as informações da própria Prefeitura da Cidade, o Auxílio Alimentar será pago em um valor de R$ 70 durante três meses (total de R$ 210). O Benefício é bem diferente do que o oferecido pelo Governo Federal, onde o valor pode ser usado para pagamento de contas no Caixa Tem ou em outro banco de sua preferência. Aqui os R$ 70 pagos mensalmente devem ser usados nos Armazéns da Família cadastrados em Curitiba.

Se trata de um tipo de mercado onde os produtos são vendidos por um preço de 30% mais baratos do que o normal. Além da compra de alimentos, por lá também é possível comprar produtos de beleza e higiene.

Como saber se estou na lista?

Para saber se está na lista dos beneficiários, os moradores de Curitiba podem consultar o seu Cadastro único através do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Logo depois desse contato, se o seu nome constar na lista, o cidadão pode ir direto para o Armazém de Alimentos.

Se o curitibano não receber nenhum contato, ele também tem a opção de consultar através da Central de Cadastros. De acordo com a Gestão Local, o número da Central é 41 3350 3890. As ligações devem ser feitas apenas em horário comercial e de funcionamento da Central de Cadastros. Os Armazéns não serão um ponto para se realizar cadastros, apenas irão receber os beneficiários para as compras dos produtos essenciais.

Auxílios pagos em outros estados

Alguns beneficiários no país estão recebendo dois tipos de Auxílio: O Auxílio Emergencial que está sendo pago pelo Governo Federal e outros Auxílios distribuídos dentro dos estados e munícipios, como para donos de restaurantes e ambulantes em várias regiões. A maioria dos beneficiários está utilizando o dinheiro para compra de alimentos, sem gastar em futilidades pois o cenário é de crise econômica.

O Auxílio Alimentar que está sendo pago em Curitiba segue o caminho do meio. Isso quer dizer que se de um lado o Governo dá o dinheiro, também fica decidido como é que o dinheiro poderá ser utilizado. A Prefeitura de Curitiba se mostrou favorável, pois assim fica mais fácil de se evitar fraudes.

Jair Bolsonaro disse em várias entrevistas que é contra o pagamento de auxílios estaduais. Para ele, esse tipo de ajuda acaba tornando as pessoas dependentes do estado. Essa é uma teoria que para boa parte dos analistas econômicos é contraditória, pois Bolsonaro está a mais de 30 anos como funcionário do Estado.

Folha Sudoeste


Leia Este

1 Milhão De Oportunidades Emprego e Cursos

1 Milhão De Oportunidades Emprego e Qualificação

A iniciativa teve sua apresentação nessa Quarta feira, dia Vinte e Oito e já se …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *