Home / Economia / Banco Central Libera Novas Consultas Do Dinheiro Esquecido

Banco Central Libera Novas Consultas Do Dinheiro Esquecido

Ao todo são R$ 6 bilhões de valores esquecidos, 38 milhões de CPFs e 2 milhões de CNPJs

O Banco Central liberou na última terça-feira (28) a consulta de dinheiro esquecido em instituições financeiras. Segundo o relatório do órgão, só em bancos, há mais de R$ 3 bilhões para serem resgatados pelos beneficiários. O montante está distribuído entre contas corrente e poupança, as quais foram encerradas com saldo disponível. Mais de 28 milhões de cidadãos devem receber a quantia esquecida somente em bancos.

Com os mais de R$ 3 bilhões esquecidos, os bancos figuram no primeiro lugar entre os tipos de instituições que possuem recursos disponíveis. Em segundo lugar estão as administradoras de consórcio (R$ 2.149.913.448,90), seguidas pelas cooperativas (R$ 602.764.641,30), instituições de pagamento (R$ 96.135.472,69), financeiras (R$ 40.286,992,88), corretores e distribuidoras (R$ 9.464.761,52).

Em último lugar estão outras instituições com R$ 1.920.882,18 esquecidos. No total, estão disponíveis cerca de R$ 6 bilhões referentes a valores esquecidos. A expectativa é que esse montante seja sacado por 38 milhões de CPFs e 2 milhões de CNPJs.

Dinheiro esquecido: como consultar

Para saber se tem valor esquecido, o cidadão deve fazer uma consulta no site do Sistema Valores a Receber (SVR), informando seu CPF ou CNPJ. Vale destacar, que a referida página é o único meio disponível para fazer tal consulta. Pelo SVR ainda será possível que empresas e pessoas físicas consultem valores de pessoa falecida. O saque poderá ser feito pelos herdeiros e representantes legais dos falecidos.

Caso tenha saldo positivo, o cidadão deve, no dia 7 de março, às 10h, novamente acessar o site do SVR para solicitar a devolução dos recursos.

Dinheiro esquecido: quais valores a receber

Segundo o BC, os cidadãos podem receber entre R$ 0,00 e valores acima de R$ 1.000,01. Os recursos disponíveis estão divididos em quatro faixas de valores. São elas:

Valores entre R$ 0,00 e R$ 10: disponível em 29.282.110 contas;
Valores entre R$ 10,01 e R$ 100: disponível em 12.195.837 contas;
Valores entre R$ 100,01 e R$ 1.000: disponível em 4.694.862 contas;
Valores acima de R$ 1.000,01: disponível em 643.105 contas.

Confira, pesquise seu nome pelo CPF e data de nascimento: www.bcb.gov.br/meubc/valores-a-receber

Grande parte dos beneficiários, portanto, tem direito a receber apenas valores que variam entre R$ 0 e R$ 10.  Mesmo que sejam valores inexpressíveis para a maioria dos brasileiros, se tiver algum valor para sacar, é sim importante realizar a consulta e tirar o dinheiro.

Dinheiro esquecido: segunda fase

A disponibilização de valores esquecidos neste ano se refere, na verdade, a segunda fase do procedimento. A primeira ocorreu no ano passado, entre os meses de março e abril. Na época, foram disponibilizados R$ 3,9 bilhões, mas somente cerca de R$ 321 milhões, ou seja, 8% desse total, foram solicitados para serem devolvidos.

Desse montante, R$ 306 milhões foram requeridos por pessoas físicas e R$ 15 milhões por empresas. Cerca de 3,6 milhões de pessoas físicas e 19 mil pessoas jurídicas realizaram o procedimento no ano passado.

Dinheiro esquecido: não caia em golpes

O BC alerta aos cidadãos que eles não enviam links tampouco entra em contato para tratar sobre os valores a receber e nem para confirmar dados pessoais. O órgão solicita que o beneficiário não clique em nenhum link suspeito que lhe seja enviado por e-mail, WhatsApp, Telegram ou SMS.

BOA SORTE !!

Deixe Uma Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Pesquise No Site Aqui

Categorias Folha Sudoeste

x

Check Also

BNDES LCD Investimento Proposto Título Sem Imposto De Renda

Novo Título De Investimento Do Governo Federal BNDES LCD

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES apresentou ao Congresso Nacional propostas ...