fbpx
INSS anuncia a substituição de funcionários por robôs

Comissão realiza audiência para debater sobre os recorrentes atrasos do INSS

Uma audiência pública conjunta tratou de debater sobre a Comissão dos Direitos da Pessoa Idosa, além da Defesa dos Direitos para as Pessoas que estão com Deficiência Física, além de um debate sobre o sucateamento e os efeitos causados para a aposentadoria do INSS, gravemente afetado por quem segue na fila de espera para obter este benefício.

Após um bom tempo, a greve dos servidores do INSS foi acabar apenas na última semana, após ter começado a mais de dois meses e causado além de uma grande paralisação, um sério atraso para a concessão de benefícios à população. Esse encontro foi realizado no plenário 13, podendo ser acompanhado de forma virtual e de forma interativa que ocorreu pelo ambiente e-democracia.

O INSS se encontra em um momento onde todo esse tempo de paralisação acabou acarretando em um caos no seu serviço. Já temos quase 2 milhões de processos que se encontram defasados, sendo muitos os fatores que podem ser citados para debater sobre todos estes atrasos, indo desde a falta de equipamentos, problemas em sistemas eletrônicos e principalmente pelo baixo número de servidores que estão em atendimento neste momento.

Orçamento do INSS atravessa um momento de cortes

Desde o início do ano, o orçamento do INSS já passou por um corte de até R$ 1 bilhão, que corresponde a até 41% do orçamento que havia sido aprovado pelo Congresso Federal, no valor total de R$ 2,338 bilhões.

Esse corte no orçamento acaba comprometendo principalmente as atividades que são relacionadas à parte administrativa e de manutenção das tantas agências do INSS, o que infelizmente acaba aumentando o risco de fechamento de unidades pelo fato de que cada vez menos se existe uma garantia de estrutura mínima.

O prazo de espera para realizar a análise é de cerca de 1,8 milhão de requerimentos continua se acumulando na fila do INSS, ainda mais desde o início da greve dos servidores que apenas contribuiu para o aumento do tempo que se passa na fila até ter a aprovação ou não de um benefício.

Quem esteve participando do debate?

Estiveram participando no debate a procuradoria regional da República e coordenadora do Grupo de Trabalho que pertencem ao Intersindical, Zélia Luiz Pierdoná, além do diretor da Fenasps, Daniel Emmanuel Daltoé e o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde e Previdência do Estado do Piauí, Antônio Machado de Araújo.

Agora com esse momento em que por fim vamos chegando ao final da greve dos servidores do INSS, existe uma grande expectativa dentro do órgão para que seja feita uma assinatura com os grevistas, se esperando que ao longo do mês de junho todos os servidores voltem as suas atividades.

Entre os pedidos que foram e ainda são solicitados pelos servidores, está de que os servidores possam obter um reajuste salarial que seja de ao menos 20%, tendo como justificativa o período de inflação que somente se alastrou durante a pandemia, mas que assim como outros setores, muitos servidores não receberam esse reajuste.

Folha Sudoeste


Leia Este

Quem precisa fazer a declaração anual do MEI?

Quem precisa fazer a declaração anual do MEI?

O empreendedor brasileiro precisa estar atento a todas as mudanças que acontecem no mercado de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *