fbpx
INSS: Demora para a concessão de benefício pode gerar indenização de até R$ 15 mil

Veja quais são os principais erros ao solicitar aposentadoria do INSS

A promessa do INSS é de conseguir chegar ao objetivo de zerar a fila de espera até o final do ano, com o órgão afirmando que tem passando por um período onde o número de solicitações tem sido muito maior do que os benefícios que estão sendo concedidos, com uma média de 751 mil pedidos. Atualmente o Instituto Nacional do Seguro Social tem cerca de 1,6 milhão de pedidos para a concessão de benefícios que aguardam por uma resposta, chegando a mais que o dobro do que os pedidos.

A maior parte dos pedidos que o INSS tem recebido condizem com a aposentadoria, sendo que o órgão entende que até o final do ano será possível zerar a lista. Para especialistas em direito previdenciário, o ritmo ainda está muito lento, longe do ideal e se continuar assim será bem difícil que o Instituto possa cumprir com o prometido.

Já foi feito um acordo no Supremo Tribunal Federal e que envolveu o INSS, para que as aposentadorias sejam concedidas em até 90 dias. Esse tempo ainda é longo, porém se for considerar o cenário atual, já seria de um grande agrado.

Cometer erros pode atrasar ainda mais a concessão dos benefícios do INSS

O processo pode demorar ainda mais, sobretudo quando o contribuinte acaba solicitando o pedido onde constam erros ou deixa de prestar informações nos processos, sendo que todos os detalhes são averiguados e podem resultar em uma exigência que é solicitada pelo INSS.

Os erros vêm aumentando desde 2019, logo após a Reforma da Previdência ser aprovada através da Emenda Constitucional 103, configurando ao longo dos anos várias partes que foram sendo alteradas.

A Reforma da Previdência instaurou novos requisitos para que os pedidos fossem recebidos, em que o brasileiro não estava acostumado. O INSS afirmou que atingiu em março de 2022 o menor estoque de processos de Reconhecimento Inicial de Direitos e Benefícios dos últimos anos.

Aumento nos erros para obter os benefícios previdenciários

Houve um aumento nos erros das solicitações de aposentadoria justamente após a Reforma da Previdência, muito por conta da falta de conhecimento dos trabalhadores que em sua maioria ainda não se acostumaram às mudanças, que ainda são muito complexas e também pelas informações que em muitos casos não chegam da forma mais apropriada aos cidadãos.

Também tivemos a chegada da pandemia, onde foi suspenso o atendimento presencial nas agências, que é fundamental para aqueles trabalhadores que não têm acesso ou conhecimento da Internet para dar início à um pedido de solicitação de benefício.

Entre os principais erros comentados pelo IINSSNSS, esta a falta de conhecimento das regras em vigor, deixar de fazer um planejamento previdenciário com uma certa antecedência, solicitar o benefício antes do tempo, não apresentar toda a documentação exigida e cometer erros na tradicional guia, o GPS.

Então, você se encontra na fila de espera para a concessão de um benefício do INSS e não sabe mais o que fazer? Pois bem, acompanhe nossos artigos previdenciários e fique por dentro de todas as informações necessárias.

Folha Sudoeste


Leia Este

Vale-Alimentação de R$ 900 é confirmado: Saiba se pode receber

Vale-Alimentação de R$ 900 é confirmado: Saiba se pode receber

Os servidores que trabalham sob o regime CLT recebem benefícios que são fundamentais para a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *