fbpx

Governo de SP Lança Programas De Empreendedorismo Para Mulheres

Empreendedorismo Para MulheresNesta segunda-feira (08), dia internacional da mulher, o governo de São Paulo anunciou três novos programas voltados para elas. Tratam-se de iniciativas voltadas ao incentivo do empreendedorismo e para geração de renda. Além disso, faz parte das iniciativas ações voltadas para qualificação profissional.

Os programas são intitulados Empreenda Mulher,  TODAS in-Rede e  Prospera Mulher. Vamos entender cada um deles.

O Empreenda Mulher é um programa que oferece mais de 60 mil vagas gratuitas em cursos de qualificação em diversas áreas. Além disso, faz parte do programa a liberação de R$ 50 milhões em microcrédito pelo Banco do Povo, exclusivos para mulheres que moram no estado de São Paulo.

Todos os detalhes e as informações sobre os cursos e a linha especial do Banco do Povo podem ser consultadas no site da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Todas in-Rede beneficia mulheres com deficiência

Um dos programas divulgados foi o TODAS in-Rede, que tem por objetivos o incentivar e criar condições para o empoderamento e a autonomia das mulheres com deficiência de todo o estado de São Paulo.

De acordo com a Base de Dados dos Direitos da Pessoa com Deficiência, são cerca de 1,7 milhão de mulheres com deficiência que residem em São Paulo e podem ser beneficiadas pelo programa.

Assim sendo, o Todas in-rede promoverá ações de formação profissional, além de divulgar informações e promover a criação de uma rede virtual acessível às mulheres com deficiência. Em conjunto, tais ações objetivam a busca de protagonismo por este público, desenvolvendo ações conforme eixos como acesso à informação, trabalho, renda e autonomia financeira, além do exercício dos direitos afetivos, sexuais e reprodutivos, prevenção à violência e autoestima e liderança.

Quem se interessar no programa e quiser conhecer suas ações, basta acessar o endereço da Rede Virtual, onde se pode fazer o cadastro. Acesse aqui o site do programa TODAS in-Rede.

Prospera Mulher busca ações sobre geração de renda

Já o programa Prospera Mulher visa ações voltadas à geração de renda, pensando em atender mulheres em situação de pobreza. Na sua primeira fase, o programa deve beneficiar 12 mil famílias em todo o Estado de São Paulo, tendo por público-alvo as chefes de famílias monoparentais, com crianças de 0 a 6 anos, e que estejam em situação de extrema pobreza, (ou seja, que sobrevivem mensalmente com até R$89 por pessoa).

As beneficiadas serão devidamente cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), preferencialmente, que sejam atendidas por programas e serviços destinados à primeira infância.

O Prospera Mulher tem como premissa a inclusão produtiva, estimulando a geração de renda através do acesso ao trabalho, empreendedorismo, capacitações e oportunidades de ofício atrelado a plano de futuro.

Folha Sudoeste


Leia Este

Brasil é o terceiro país do grupo G-20 com maior inflação nos últimos 12 meses

Brasil é o terceiro país do grupo G-20 com maior inflação nos últimos 12 meses

Entre os países do G20, que é o grupo de países que integram as 20 …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *