fbpx
CPF Como Documento Único Aprovado

PL Do CPF Documento Único e RG Será Documento Do Passado

A Câmara dos deputados aprovou na data dessa terça feira dia vinte e dois o projeto de lei 1422/19, do atual deputado Felipe Rigoni do partido do PSB-ES e outros onze deputados, que estabeleceu o número do CPF de todos os cidadãos como o único número de registro em geral (conhecido como o RG) em todo o Brasil.

O texto acabou aprovado em forma de substitutivo da Comissão do Trabalho, da administração e o serviço Público, da autoria do deputado Lucas Gonzales (do NOVO -MG), e a curiosidade é que muitas pessoas aprovaram a nova lei por conta da praticidade e funcionalidade que a mesma traz consigo.

E de acordo com o substitutivo o CPF vai constar em todos os cadastros e nos documentos dos órgãos públicos, para o registro civil das pessoas naturais ou nos documentos para a identificação que vão ser emitidos por meio dos conselhos profissionais, sendo assim conforme a vigência da lei futura o CPF deve ser usado como um numero.

Sendo assim, esse número irá constar nas certidões, seja elas do nascimento, óbito e casamento, e também como a identificação por meio do INSS (ou NIT) na carteira de habilitação, na carteira do trabalho e etc, substituindo assim os meios de identificação passados e que já existiram.

Mas assim como em todas as outras leis novas e que precisam se adequar nos serviços que existem no país haverá o prazo para que as devidas mudanças sejam feitas, para que se evite tumultuo pela falta do documento todos os prazos são estendidos em si.

Como fica a Vigência

A vigência está prevista para até doze meses após a publicação devida para que assim todas as entidades e os órgãos consigam adequar os sistemas e os procedimentos para o atendimento a todos os cidadãos, dessa forma fazendo com que o CPF seja finalmente adotado como um número da identificação em geral. Veja no link da Câmara, como ficou: www.camara.leg.br/noticias/718623-camara-aprova-projeto-que-torna-cpf-o-unico-numero-de-identificacao-geral-no-pais.

Visando que essa mudança será especifica em si, os prazos para ela foram estendidos a fim de que todos portem o número do CPF em seus documentos para a identificação, e os sistemas se adequem sem erros a nova lei que vem sendo planejada e adequada para não haver os erros indesejados por todos.

E o prazo para que todos os órgãos e as entidades realizem as devidas mudanças serão de até vinte e quatro meses, ou seja, todos terão até dois anos para se adequar a nova lei, para que assim haja a comodidade do sistema e a base de dados entre si consigam trocar as devidas informações usando somente o CPF, para que tudo se torne mais fácil.

A expectativa é que através dessa nova lei os tramites que envolvem essa documentação se tornem mais fáceis e viáveis, sendo que todos eles devem fazer parte do nosso futuro a fim de facilitar os tramites que envolvem esse tipo de documentação, e claro que também vai facilitar a vida de todos os brasileiros em si, tornando assim a identificação de todos mais fácil, sem contar na economia de tempo que a nova lei deve carregar num todo.

Folha Sudoeste


Leia Este

Aumento do combustível frustra os planos de quem deseja comprar carro

Aumento do combustível frustra os planos de quem deseja comprar carro

O sonho de todo o jovem brasileiro ao completar sua maioridade, é tirar sua licença …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *