fbpx
Salário mínimo para 2023 não terá novamente ganho real em relação à inflação

Salário mínimo para 2023 não terá novamente ganho real em relação à inflação

O Governo Federal realizou uma nova previsão da inflação e definiu que assim como ocorreu nos últimos anos, o salário mínimo para 2023 deverá ser de R$ 1.310, ficando um pouco acima da prévia anterior de R$ 1.294.

A estimativa vem após o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo anunciar que novamente a prévia do inflação do país saltou, saindo de 6,7% para 8,1% ao ano, levando em conta que o reajuste do salário mínimo desde o início do Governo de Jair Bolsonaro não ultrapassa acima da inflação, o que não garante um ganho no poder de compra aos brasileiros.

As informações foram confirmadas pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia, sendo que se por acaso a inflação voltar a se elevar ou mesmo diminuir, então o Governo Federal deverá voltar a agir para realizar uma nova previsão sobre um possível valor para o salário mínimo em 2023.

Pelo quarto ano seguido, salário mínimo continuará sem ganho real

A projeção é de R$ 1.310,07 para o salário mínimo de 2023, considerando que este já seria o quarto ano seguido em que o Governo Federal não faria nenhum tipo de movimentação para que houvesse ganho real, apenas fazendo um reajuste de acordo com a inflação.

Neste momento pelo menos 56,7 milhões de pessoas no país, sendo que 24,2 milhões são beneficiários do INSS, conforme os dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos.

Sendo assim, o último reajuste do salário mínimo acima da inflação ocorreu em 2019, com um percentual que ficou em 1,14%. A economia teria de crescer em um nível muito mais vigoroso  e considerando o cenário atual e essa alta dos juros, como a inflação e o conflito que ainda persiste na Ucrânia, o crescimento dificilmente irá acontecer ainda neste ano, principalmente pela possibilidade da aprovação de uma PEC que extrapole o teto de gastos.

Valor ainda fica muito abaixo do salário que uma família no Brasil deveria receber

Embora todos os anos ocorra um reajuste no salário mínimo do país, ainda assim irá ficar muito abaixo do salário mínimo nacional, que segundo o Dieese, para conseguir atender minimamente uma família de quatro pessoas, o salário mínimo no Brasil já deveria estar em R$ 6.754,33. Essa previsão é revista constantemente pelo Dieese.

A falta do aumento do salário mínimo vem sendo uma das maiores críticas ao atual Governo Federal, seja pelos aposentados, população em geral ou por uma parte da posição. Vários brasileiros já teriam comentado sobre a obrigação de cumprir essa lei que deveria seguir o que está posto na Constituição Federal de 1988. Não está havendo recuperação no poder de compra, o que mostra que sobretudo as classes menos privilegiadas vem sofrendo bastante neste momento.

O custo de vida do Brasil já se aproxima dos países desenvolvidos, porém o salário mínimo e o poder de compra dos brasileiros segue muito abaixo de praticamente todas as principais economias, como o país não cansa de se vangloriar por fazer parte, como do ranking dos 10 maiores PIBS de todo o mundo.

Folha Sudoeste


Leia Este

Saiba como atualizar o Caixa Tem para empréstimo

Saiba como atualizar o Caixa Tem para empréstimo

O aplicativo Caixa Tem foi criado com a prerrogativa de possibilitar os pagamentos do Auxílio …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *