fbpx

APP Meu CadÚnico Traz Facilidades Para Beneficiários

Para tornar o acesso às informações sobre programas sociais no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), o governo criou um aplicativo que pode ser baixado gratuitamente. Através dele, as pessoas poderão acessar todas as informações dos programas, além de acessar algumas funcionalidades específicas. O programa é chamado Meu CadÚnico, que pode ser baixado no Google Playstore e no App Store.

Através do Meu CadÚnico, o beneficiário pode acessar a função Consulta Cidadão. Nela, o usuário terá como emitir um comprovante de cadastramento, consultar quais são os integrantes da família e conhecer o NIS de cada um. Essas informações são fundamentais para, por exemplo, solicitar isenção de taxa em concurso público ou se inscrever em alguns programas sociais.

Além disso, será possível ver se há alguma pendência no cadastramento. É possível ainda localizar um local de cadastramento no mapa e conhecer programas sociais do Ministério do Desenvolvimento Social, dentre eles o Programa Bolsa Família, o Programa Minha Casa Minha Vida, o Tarifa Social de Energia Elétrica e muitos outros.

Comprovantes emitidos através do Meu CadÚnico vêm com QR Code, possibilitando assim que eles tenham validade para alguns tipos de comprovação. Podem vir também com chave pessoal. É necessário manter o aplicativo atualizado para ter acesso a todas as suas funcionalidades sempre que for preciso. Assim, é aconselhável checar com alguma frequência quando houver alguma atualização possível.

Então para baixar o aplicativo para os beneficiários é fácil, entre na página: Meu CadÚnico: www.meucadunico.cidadania.gov.br/meu_cadunico/

O CadÚnico

Ao aplicativo Meu CadÚnico serve para acesso às informações de pessoas cadastradas no CadÚnico. Ele foi criado para ser um instrumento criado para identificar e caracterizar as famílias de baixa renda, como forma de dinamizar programas de combate à pobreza e inclusão social.

As informações contidas no CadÚnico servem para que o Governo Federal, estados e municípios possam promover políticas públicas em favor dessas pessoas.

As famílias que devem estar inscritas no CadÚnico são aquelas que possuem renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa, ou ainda renda familiar total de até três salários mínimos.

O processo de cadastramento no CadÚnico envolve quatro fases distintas. O processo organizado dessa forma possibilita que as informações dessas famílias sejam utilizadas pelos órgãos públicos diversos, nos seus vários programas. As atividades de gestão municipal do Cadastro Único estão divididas nas seguintes etapas.

  • Identificação e localização das famílias a serem cadastradas;
  • Entrevista e coleta de dados das famílias identificadas;
  • Inclusão dos dados no Sistema de Cadastro Único;
  • Manutenção das informações presentes na base do Cadastro Único: atualização e confirmação dos registros cadastrais.
Folha Sudoeste


Leia Este

Conheça o Novo Bolsa Família Que Deve Entrar Em Vigor Em Novembro

O Governo Federal entregou a Medida Provisória (MP) do Novo Bolsa Família 2021 para o …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *