fbpx
Eleições 2020

Em 2020, proporção de candidatos negros é a maior registrada

As eleições de 2020 terão a maior proporção e o maior número de candidatos negros já registrados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Pela primeira vez desde que o tribunal passou a coletar informações de raça, em 2014, os candidatos brancos não representam a maioria dos concorrentes ao pleito. Com efeito, este número se refere aos concorrentes às vagas legislativas. Candidatos brancos ainda representam cerca de 60% dos concorrentes a prefeito nas eleições deste ano. É o que apurou o G1, em matéria divulgada na última segunda-feira (28).

De acordo com os dados do TSE coletados pelo G1, cerca de 215 mil candidatos são pardos e aproximadamente 57 mil são pretos. Com efeito, pretos e pardos são considerados negros, segundo classificação utilizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Dessa forma, nas eleições de 2020 teremos cerca de 272 mil candidatos negros, representando 49,9% de todos os concorrentes ao pleito. Assim, será um número recorde desde que o registro é levantado.

Foram ainda 260,6 mil candidatos se autodeclaram brancos, que representam 47,8% do total. Assim, é a primeira vez que candidatos brancos não representam mais da metade dos postulantes aos cargos da eleição. Juntamente com isso, é a primeira vez que brancos não serão maioria.

No comparativo com as últimas eleições municipais, de 2016, 52,4% dos candidatos eram brancos e 47,8% eram autodeclarados negros. Também segundo o G1, esta proporção é semelhante à encontrada nas eleições de 2018, quando 52,4% dos concorrentes se autodeclararam brancos e 46,6%, negros. Em 2020, contudo, essa proporção se alterou de maneira substantiva.

Prefeitos e vice-prefeitos ainda tem maior representatividade de brancos

Se as eleições para cargos legislativos terão maioria de pessoas autodeclaradas negras, o mesmo não acontece com os cargos do executivo. 63% dos candidatos a prefeito e 59% dos candidatos a vice são autodeclarados brancos, segundo os dados do TSE levantados pelo G1. Essa diferença mostra que a subrepresentação racial nas eleições é uma realidade brasileira, visto que segundo o IBGE, 42,7% da população brasileira é branca. Sendo 56,2% da população brasileira negra, é possível dizer que há tendência de diminuição da subrepresentação nas eleições legislativas, mas sua manutenção nos cargos do executivo.

Distribuição racial por partido

Os dados do TSE apontaram também a diversidade racial dentro dos partidos. PCO e Novo possuem a maior proporção de autodeclarados brancos nos seus quadros, com 81,8% e 80,8%, respectivamente. Já a UP possui somente 29,3% de seus candidatos autodeclarados brancos.

Vale lembrar ainda que O ministro Ricardo Lewandowski determinou que valerá nas eleições deste ano a divisão proporcional de recursos e propaganda eleitoral entre candidatos negros e brancos. O tema tem levantado várias discussões internas nos partidos e na sociedade civil, no geral.

Folha Sudoeste


Leia Este

Etec Cursos Gratuitos Governo SP

Inscrição Cursos Gratuitos Etec Em São Paulo 2022

Cursos Técnicos Gratuitos Etec em São Paulo Você por acaso já conhece os cursos da …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *