Home / Tecnologia e Gamer / Yahoo Anuncia Demissões E Fim De Operação No Brasil

Yahoo Anuncia Demissões E Fim De Operação No Brasil

O Yahoo planeja demitir 20% de sua equipe global. A informação veio de entrevista do CEO da big tech, Jim Lanzone, ao site Axios nesta quinta-feira (09/02). Esse número representa mais de 1.600 dispensas. Isso representa mais um episódio da onda de demissões nas big techs a nível global.

Além disso, cerca de cem trabalhadores(as) da Yahoo no Brasil receberam a notícia do fim da operação local da empresa. A notícia foi dada na noite desta quinta, segundo apurou a reportagem da Folha de São Paulo.

Segundo a mesma matéria da F. de São Paulo, o conteúdo do Yahoo Brasil deve funcionar somente até 30 de março.

Demissões comunicadas neste fim de semana

De acordo com o UOL, o escritório do Yahoo Brasil já comunicou a demissão de todos(as) os(as) 80 funcionários(as) do Yahoo Business. Trata-se da divisão de negócios, tecnologia e publicidade da empresa. Essa é a área mais impactada no mundo todo. Ela enfrentará um corte de 50% do total de seus quadros em 2023.

Segundo declarações de Lanzone ao site Axios, os cortes não foram por razões financeiras. Trata-se, segundo o CEO da empresa, de uma mudança estratégica no setor de publicidade. Segundo ele, esse setor, atualmente, não rende lucros.

De acordo com o próprio Axios, o Yahoo anunciou ter lucrado US$ 8 bilhões (R$ 42 bilhões, na cotação atual) considerando todas as suas áreas em 2022.

O Apollo Global Management comprou o Yahoo e o portal AOL por US$ 5 bilhões em 2021. Os dois sites lideravam a internet em acessos nos anos 1990. Já no processo de aquisição, o comprador havia comunicado a intenção de conduzir demissões.

Demissões em massa no setor de tecnologia

Essas demissões acontecem em um momento com várias big techs anunciam reduções drásticas em seus quadros. Atualmente, as empresas do setor de tecnologia vêm promovendo o chamado layoff , ou seja, demissões em massa. A justificativa pra isso é o prenúncio de crise e recessão econômicas para os próximos anos. Além disso, as empresas justificam as demissões pelo pouco investimento no pós pandemia, quando o volume de contratações e investimentos foi maior.

Essas decisões nunca são fáceis, mas acreditamos que essas mudanças irão simplificar e fortalecer nosso negócio de publicidade a longo prazo, ao mesmo tempo em que permitem que o Yahoo ofereça mais valor aos nossos clientes e parceiros”, disse o porta-voz do Yahoo para a CNBC.

Deixe Uma Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Pesquise No Site Aqui

Categorias Folha Sudoeste

x

Check Also

Estabilizador de Celular Eficiente

Estabilizador Para Celular Bem Eficiente e Barato

Se você é apaixonado por fotografia e fazer vídeos para tiktok, sua rede social ou ...