fbpx
Vacina Russa Covid-19

Covid-19: vacina russa induziu resposta imune, mostra artigo da The Lancet

Artigo publicado nessa sexta-feira (04) na revista The Lancet, uma das mais conceituadas do mundo em pesquisas sobre medicina, traz resultados positivos sobre a vacina russa contra o Covid-19. O artigo intitulado Safety and immunogenicity of an rAd26 and rAd5 vector-based heterologous prime-boost COVID-19 vaccine in two formulations: two open, non-randomised phase 1/2 studies from Russia diz que Sputnik V trouxe resposta imune e não apresentou resultados adversos nas fases 1 e 2. Resultados com pacientes humanos voluntários para ensaios clínicos deverão ser publicados entre outubro e novembro.

Testes com animais

O artigo foi produzido por cientistas do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia de Gamaleya. Os testes foram feitos em primatas, hamsters sírios e camundongos transgênicos. Assim sendo, os resultados apontaram para 100% de eficácia protetora da vacina. De acordo com o artigo, os ensaios clínicos da Sputnik V não mostraram resultados adversos na fases 1 e 2 para nenhum dos seus critérios. Com efeito, a incidência desses eventos adversos noutras vacinas em estágio avançado de testes variaram de 1% a 25%.

Além disso, o artigo ainda diz que todos os voluntários desenvolveram imunidade de células T (que é uma espécie de célula de defesa do corpo), representada por células CD4 + e CD8 +. Elas garantem o reconhecimento e a destruição de células infectadas com SARS-CoV-2.

Desconfiança e parceria com o governo do Paraná

A Russia surpreendeu o mundo no mês de agosto ao anunciar o registro da primeira vacina contra o Covid-19, doença que já matou mais de 124 mil brasileiros e infectou mais de 4 milhões. Contudo, a falta de estudos divulgados em revistas científicas conceituadas gerou desconfiança sobre sua eficácia e também sobre os procedimentos para seu desenvolvimento. Ainda assim, iniciou-se uma corrida por informações sobre a dita vacina russa, o que levou o governo do Paraná a firmar uma parceria com o governo russo para seu desenvolvimento no Brasil. O artigo completo da The Lancet pode ser lido na íntegra neste link.

Folha Sudoeste


Leia Este

Tempo de Aprender Curso De Alfabetização

Tempo De Aprender Cursos Para Desenvolvimento Da Educação

Programa Tempo De Aprender Cursos Para Desenvolvimento Da Educação disponibilizado pelo MEC de forma gratuita …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *