fbpx
Preço do gás de cozinha já subiu 5 vezes o valor da inflação no ano

Gasolina já subiu 30% no acumulado do ano

O preço da gasolina foi um dos que mais subiu ao consumidor ao longo de 2021 e com isso veio à tona as incertezas políticas que o Brasil está atravessando. E além do aumento do combustível, também podemos citar o etanol que apresenta um valor médio de R$ 5,371 e que somente no comparativo destes oito primeiro meses, acumula uma alta de 30%.

Com o preço médio da gasolina ficando 30% mais caro, diversos motoristas dos principais aplicativos de transporte desistiram de realizar as corridas, muito por conta do que recebiam em suas comissões pelas viagens e que não eram suficientes para cobrir os custos de manutenção e agora de um combustível tão elevado.

Gasolina que estava abaixo de R$ 5 no início do ano, já se aproxima de R$ 7

O combustível custava em média R$ 4,816 no início do ano, e nos primeiros dias de setembro foi vendido à um preço médio de R$ 6,237 logo nos primeiros dias do mês de setembro, levantamento este que foi realizado pela Ticket Log.

Em relação ao etanol, o mesmo apresentou o valor médio de R$ 5,371 quando comparado ao fechamento em janeiro, o que representa uma alta de 42% no preço que está sendo vendido nos postos.

Assim como aconteceu em agosto, o preço da gasolina começou o mês de setembro em alta em todas as regiões, sendo que isso também vale para o etanol. A gasolina, que não teve um reajuste nas refinarias desde a primeira quinzena de agosto, tem neste início de mês o reflexo de uma alta de 1,1% do etanol anidro.

Gasolina mais cara está na região Centro-Oeste

Quem está na região Centro-Oeste, é quem irá sentir mais fundo na pele o aumento do preço da gasolina. Nesta região, a média já é de R$ 6,368, após o aumento de 1,60% que foi registrado no mês de agosto.

No Sul, o preço médio do combustível avançou 2,32% e assim ficou como a maior alta do país, mesmo com a queda do valor médio na primeira quinzena do mês, estando cotado a R$ 6,049.

O preço do etanol mais caro fica na região Nordeste, com o preço médio de R$ 5,547, o que significa um avanço de 2,32% em relação ao ano passado. O litro mais barato está sendo comercializado na região Centro-Oeste à R$ 5,014.

Rio Grande do Norte registrou maior aumento do preço do combustível

O maior aumento do preço médio da gasolina por estado ficou para o Rio Grande do Norte, com um acumulado de 3,77% em relação ao fechamento do mês de agosto. Em nenhum estado tivemos um recuo do preço apresentado em agosto e é bem provável que se as incertezas do Governo continuarem, a inflação irá aumentar ainda mais para os próximos meses.

O Piauí é o estado que apresenta o valor da gasolina mais alto do país, atualmente em R$ 6,640, sendo que o Amapá tem o preço mais baixo, R$ 5,585. A Petrobras tentou se defender, até mesmo com comentários do Presidente do BC, falando novamente que não teria acontecido uma “interferência de Bolsonaro”.

Folha Sudoeste


Leia Este

Brasil é o terceiro país do grupo G-20 com maior inflação nos últimos 12 meses

Brasil é o terceiro país do grupo G-20 com maior inflação nos últimos 12 meses

Entre os países do G20, que é o grupo de países que integram as 20 …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *