fbpx
INSS: Aposentados e pensionistas têm direito a receber R$ 1,9 bilhões em atrasados

Liberada a consulta ao 13º do INSS

A Consulta ao 13º do INSS já foi liberada. A grande expectativa é que os pagamentos comecem a partir do dia 25 de abril, juntamente com os pagamentos regulares. Já desde a última sexta-feira (15), o INSS liberou a consulta através do INSS e do site referente a primeira parcela do 13º salário para aposentados e pensionistas.

Consulta ao 13º do INSS: Como acompanhar?

Na maioria das vezes, os aposentados e pensionistas recebiam o pagamento do 13º salário entre os meses de agosto e dezembro, porém por conta da alta do desemprego e desde o início da Covid-19, o Governo Federal novamente decidiu por antecipar os pagamentos do benefício previdenciário.

A medida ocorreu após a publicação de um decreto no Diário Oficial da União (DOU), que foi publicada no dia 18 de fevereiro, estabelecendo o pagamento do abono que irá ocorrer dentro de duas parcelas extras. Ao menos 30,5 milhões de brasileiros vão ser beneficiados com a antecipação do pagamento do 13º salário, em uma medida que promete injetar até R$ 56,7 bilhões na economia.

A primeira parcela que corresponde a 50% do benefício está programada para ser paga entre 25 de abril a até 6 de maio. Seguidamente, o INSS já definiu que a segunda parcela do décimo terceiro vai acontecer entre 25 de maio e 7 de junho.

Quem vai poder receber?

De acordo com o que já estava previsto em lei, terá direito a receber o 13º salário quem ao longo do ano recebe algum tipo de beneficio da Previdência Social, como aposentadoria ou pensão por morte, auxílio-doença ou auxílio reclusão. A situação é diferente para quem recebe algum benefício de assistência social, como Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica de Assistência Social, nestes casos não existe a possibilidade de receber o abono extra.

Neste momento, estes são os meios para realizar a consulta do 13º do INSS:

  1. Site: A consulta ao 13º do INSS pode ser feita gratuitamente no site do INSS, precisamente no endereço Meu INSS. Após realizar o seu login, vá até a opção “extrato de pagamento” e terá os detalhes de valores e quando o pagamento do abono extra será feito;
  2. Telefone: Por meio do telefone também é possível realizar a consulta ao 13º do INSS, apenas sendo necessário informar o CPF e estar com os dados cadastrais em dia;
  3. Aplicativo: Por fim, também é possível realizar a consulta do ao 13º do INSS e todos os detalhes do seu benefício do INSS pelo app, disponível tanto para Android como também para iOS. Assim como no site, você realiza o login e assim tem todo o histórico dos seus pagamentos.

Para não ter nenhuma dúvida em relação ao dia em que irá receber o seu pagamento, o primeiro passo é ter em mãos o número de seu benefício. Cada benefício do INSS obedece uma composição numérica e segue um padrão de até 10 dígitos, sendo que o penúltimo dígito que aparece no benefício é o correto para saber a data do pagamento, nesse caso do décimo terceiro salário.

Além dessa informação, também é preciso consultar se o benefício é referente ao salário mínimo ou acima desse valor.

Folha Sudoeste


Leia Este

Salário mínimo vai chegar a 1.294?

Salário mínimo vai chegar a 1.294?

A última previsão estima que em 2023 o Salário mínimo vai chegar a R$ 1.294, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *