Home / Geral / Trabalhar com carteira pode me impedir de receber o Vale-Gás?

Trabalhar com carteira pode me impedir de receber o Vale-Gás?

Os novos valores para cobrir o custo do Vale-Gás já estão começando a ser liberados. O Governo Federal realizou a estimativa de que ao menos 5,6 milhões de famílias serão beneficiadas com esse valor. De acordo com as informações que foram passadas pelo Ministério da Cidadania, ao menos 2,7 milhões vão ser repassados para a Região Nordeste, que segue com o maior número de beneficiários do programa social.

Seguindo a linha de informações divulgadas, a região Sudeste é a que ocupa a segunda posição no momento, com 1,8 milhões de famílias, fechando o pódio o Norte com 545 mil, Sul do país com 356 mil e na última posição o Centro-Oeste, com pelo 180 mil famílias que são beneficiadas pelos pagamentos do Vale-Gás.

Vale-Gás segue sendo pago a cada dois meses

Os valores do Vale-Gás ficaram definidos de que serão feitos pelo Governo Federal a cada dois meses. Importante que houve uma alteração em relação aos valores, que antes correspondiam a apenas 50% do preço médio do botijão de gás de 13 kg e a partir de agora irá equivaler a até 100% dos valores. Isso ocorreu após a aprovação de uma PEC e que ampliou a atenção de alguns benefícios que já estavam vigentes.

O programa social Vale-Gás atende as famílias que estão inseridas no Cadastro Único e que possuem uma renda familiar per capita de até meio salário mínimo, o que no momento representa até R$ 606,00 mensais.

Também é preciso destacar que todos aqueles que recebem o Benefício de Prestação Continuada estão habilitados para os pagamentos do Vale-Gás. Quem busca saber se tem direito ou não a receber o benefício social, basta realizar o download do aplicativo do Auxílio Brasil, disponível em Android e também no sistema iOS.

Trabalhar com carteira assinada pode me impedir de receber o Vale-Gás?

Uma dúvida muito comum que se refere aos brasileiros que trabalham com carteira assinada, é sobre a possibilidade ou não de receber o Vale-Gás. Isso foi ainda tema de maior debate após o Governo Federal ampliar a cobertura do benefício social.

Para quem possui carteira assinada, é preciso comprovar no programa antes mesmo de ter firmado o vínculo empregatício. Dessa forma, se ele recebe o Auxílio Brasil ou o Vale-Gás, posteriormente obtém um novo emprego, continua com o direito a recebê-los.

Outra situação que permite o recebimento desse benefício social é em relação as mulheres que foram vítimas de alguma violência doméstica e que terão prioridade no atendimento.

Após o Governo Federal criar este benefício social, o Vale-Gás passou a pertencer ao Ministério da Cidadania. Assim, além de função de regulamentar quem recebe o benefício, o Ministério também é o responsável por definir as famílias aprovadas a partir do Cadastro Único.

Para receber o Vale-Gás, será preciso realizar uma atualização do Cadastro Único uma vez a cada dois anos pelo menos. Cada membro da família deve  comprovar uma renda mensal de até R$ 105.Apesar do Cadastro Único ser um dos requisitos para o recebimento do Vale Gás, não é garantido o direito automático de ser aprovado no programa.

Deixe Uma Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Pesquise No Site Aqui

Categorias Folha Sudoeste

x

Check Also

Estabilizador de Celular Eficiente

Estabilizador Para Celular Bem Eficiente e Barato

Se você é apaixonado por fotografia e fazer vídeos para tiktok, sua rede social ou ...