fbpx
Quase 5 mil voos no mundo são cancelados em virtude da variante ômicron

Governo do Reino Unido cita alta taxa de reinfecção por Covid-19: País já soma alto número de hospitalizados por nova variante

A variante ômicron, também conhecida como B.1.1529, teve o seu primeiro caso reconhecido pela Organização Mundial da Saúde em 24 de novembro de 2021, na África do Sul. O primeiro caso desta variante foi confirmado por conta de uma amostra coletada em 9 de novembro também deste ano.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, esta variante é uma das mais preocupantes que se tem conhecimento, pois apresenta um grande número de mutações, das quais ainda não se tem conhecimento de como agem.

A Agência de Saúde das Nações Unidas sugeriu recentemente que, com o aparecimento da ômicron, as chances de casos de reinfecções poderão aumentar drasticamente. E é isso que vem vivendo a população do Reino Unido nos últimos dias. E, também é sobre isso que iremos falar a seguir. Continue a leitura conosco para saber mais.

Reino Unido em alerta

O Reino Unido realizou um anúncio na última semana de que pelo menos 10 pacientes estão hospitalizados após contrair a nova variante do Coronavírus ômicron. O estado de saúde dos pacientes não foi informado. Também foi informado nesta terça-feira por autoridades sanitárias do país que pesquisas apontam uma alta taxa de reinfecção por covid-19 ligada à nova variante do vírus.

A conselheira da agência de saúde britânica, Susan Hopkins, afirmou em uma entrevista coletiva que o próximo mês será de momentos muito difíceis. Há dias atrás, o Governo Britânico reconheceu o primeiro caso fatal por infecção da nova variante no país. Mundialmente, este foi o primeiro caso de morte que tomamos conhecimento no mundo, por conta da ômicron.

Somente no último domingo (12), foram confirmados 1.239 casos da nova variante no Reino Unido, aumentando os casos de infectados em 65%. O país teve o primeiro caso da ômicron detectado no dia 27 de novembro.
O Governo Britânico anunciou que todos os indivíduos com idade superior a 18 anos já podem receber as doses de reforço de suas vacinas até o fim de 2021.

Pesquisas realizadas anteriormente afirmam que a eficácia das vacinas para infecções sintomáticas são menores contra a variante ômicron em quem recebeu apenas a primeira e a segunda dose. Portanto, uma dose de reforço das vacinas que foram aplicadas em todo o país (Moderna e Pfizer) poderá aumentar em até 70% a proteção.

Sajid Javid, Ministro da Saúde do Reino Unido, deu declarações afirmando que tal variante tem se espalhado em ritmos muito acelerados, o que nunca foi visto antes. O Ministro ainda afirmou que, apesar dos sintomas da ômicron parecerem mais leves, isso pode sobrecarregar o sistema de saúde do país.

Medidas de enfrentamento serão reformuladas no país

O Governo britânico também anunciou que adicionarão outras medidas de enfrentamento para o combate da propagação da variante no país. São estas as novas medidas:

  • Cidadãos que ainda não foram imunizados e que mantiveram contato com pessoas infectadas deverão permanecer isolados por 10 dias; Pessoas que foram vacinadas contra o covid-19 que entraram em contato com pessoas infectadas pelo vírus deverão realizar testagem obrigatória por, no mínimo, 7 dias;
  • Passou a valer a partir da segunda-feira (13), a ampliação da campanha de reforço da vacinação para os cidadãos maiores de 30 anos de idade.

Conclusão

Aqui no Brasil, Marcelo Queiroga, Ministro da Saúde, afirma que, possivelmente, existam no país mais casos da variante ômicron do que somente os 11 que foram notificados até o domingo (12).

E, no momento, não devemos crucificar os pesquisadores que têm trabalhado incansavelmente para identificar mais casos da variante, não só aqui no nosso país mas também em todo mundo. O que se deve fazer é aplaudir quem trabalha para identificar estes aparecimentos e assim, nos prepararmos da melhor maneira para combater as ameaças causadas por futuras mutações.

Você sabia de toda essa situação causada pelo aparecimento da nova variante ômicron no Reino Unido? Gostou de saber mais sobre esta notícia? Nos acompanhe sempre para mais informações do Brasil e do mundo. Até breve!

Folha Sudoeste


Leia Este

Quase 5 mil voos no mundo são cancelados em virtude da variante ômicron

Quase 5 mil voos no mundo são cancelados em virtude da variante ômicron

De acordo com um apontamento recente que foi divulgado pela Flightaware, pelo menos 2 mil …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *